segunda-feira, 8 de outubro de 2007

A branca de neve e os sete anões


Havia uma rainha que teve uma filha à qual pôs o nome de Branca de Neve por ela ser branquinha como a neve. Um dia a rainha morreu e o rei tornou a casar com uma mulher muito malvada. Era muito vaidosa e costumava perguntar ao espelho:
- Quem é a mais bela do mundo?
- Agora já não és tu!- respondeu um dia o espelho - Branca de Neve é a mais bela.
A rainha gritou furiosa: - Mas não será por muito tempo!
Então , procurou um guarda e mandou matar Branca de Neve. O guarda convidou Branca de Neve a dar um passeio pelo bosque e, quando ela apanhava uma flor ele ia matá-la mas teve pena dela e disse-lhe:
- Foge para longe daqui onde a rainha não te possa encontrar.
Branca de Neve estava assustada mas, os animaizinhos da floresta levaram-na até uma casinha muito pequenina. Lá dentro, tudo era pequenino. Havia um quarto com sete minúsculas camas. A menina estava muito cansada, deitou-se numa delas e adormeceu.

Entretanto, numa gruta da montanha, trabalhavam à procura de diamantes sete anõezinhos.
- Já está a anoitecer, chega de trabalhar por hoje. - disse o anãozinho mais velho. E, lá foram eles para a sua casinha no bosque. Os anõezinhos ficaram surpreendidos por ver Branca de Neve na sua casa. A menina também ficou admirada quando acordou e os viu à sua volta.
- Quem és tu ? - perguntaram os anõezinhos.
- Sou a princesa Branca de Neve e estou sozinha.
A menina contou-lhes o que se tinha passado e eles convidaram-na a morar com eles.
Entretanto a malvada Rainha perguntou ao espelho:

- Espelho mágico, não é verdade que agora sou eu a mais bela do mundo?
O espelho respondeu:
- Não, ainda é a Branca de Neve que vive com os anõezinhos na casinha do bosque.
A rainha furiosa, resolveu ir ela mesma matar Branca de Neve quando os anõezinhos fossem trabalhar. Disfarçou-se de velhinha, bateu à porta e, Branca de Neve apareceu à janela.
- Podes dar-me água? Dou-te uma maçã em troca.
A menina aceitou mas, ao morder a maçã caíu no chão porque ela tinha veneno. Quando os anões voltaram viram a menina no chão. Colocaram a princesa numa caixa de cristal e ficaram junto dela chorando.
O príncipe do reino vizinho ouviu falar no acontecimento e quis ir ver. Quando lá chegou, encantado com a beleza da menina, beijou-a na testa. O beijo quebrou o feitiço e a Branca de Neve ficou boa.
A princesa e os anõezinhos foram viver no palácio do príncipe.
A rainha, zangada , quis preparar um feitiço maior mas, provocou uma explosão e morreu.
O príncipe e a Branca de Neve casaram e foram felizes para sempre.

Um comentário:

Natália disse...

Olá!

Agora também temos ideias de histórias para podermos contar à noite quando vão para a caminha...

Beijinhos